Ambiência Brasília
Eustaquio Ferreira
Vila Eixão Norte SCN/SBN
01/11/2017
?Há tempos, anos, vemos nos gramados que ladeiam o Eixão Norte, nas proximidades dos setores Bancário Norte e Comercial, barracas precárias, em geral formadas por uma lona preta que as cobre e uma peça que serve de cumeeira, as laterais da lona presas ao gramado por pedras ou estacas fincadas no solo.

Não é só ali que encontramos esse tipo de barraca que abriga famílias, ou grupos que não dispõem de meios para obter uma moradia. Neste locais não há água, ou qualquer meio de arrumar para sair a busca de trabalho. É a marginalização sem retorno. 

O Governo local editou em 06 de 2012 o Decreto 33.779 que instituiu a Política de Inclusão Social da População em Situação de Rua do DF objetivando especialmente o acesso às políticas públicas de assistência social, alimentação, segurança, saúde, educação, habitação, cultura, esporte, trabalho e geração de renda.

Nenhuma dessas pessoas que hoje nos abordam pedindo um prato de comida têm condições de buscar um emprego, ou mesmo um trabalho temporário. As crianças não podem ir à escola, não têm roupas, não têm endereço, condição para tentar a matricula. 

Muitas de nossas Cidades Satélites foram originadas da transferência de famílias em desabrigo ou em habitações precárias a exemplo da expansão da QE 38 do Guará. Estas pessoas merecem o nosso respeito, a nossa solidariedade, elas são parte de nossa população que, por motivos diversos, estão em situação de rua. 

Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO