Caleidoscópio Cultural
André Cunha
Cortei a relação
A protagonista da série Sharp Objects vai escrever uma história. E eu não vou lê-la
10/08/2018

Farejando no ar uma hist√≥ria, o editor do St. Louis Chronicle envia a jornalista Camille Preaker (Amy Adams) numa miss√£o investigativa: ‚ÄúV√° at√© l√° e escreva uma hist√≥ria agora. Ent√£o, adeus.‚ÄĚ Quando chega l√°, Camille revela para uma amiga: ‚Äú√Č por isso que estou aqui. Estou escrevendo uma hist√≥ria.‚ÄĚ Mais tarde, questionada pela m√£e ‚Äď ‚Äúvoc√™ est√° aqui para escrever uma hist√≥ria?‚ÄĚ -, ela confirma: ‚ÄúSim, √© para um jornal. Pode ser uma hist√≥ria importante.‚ÄĚ E, para um detetive charmoso, diz: ‚ÄúVoc√™ sabe que conseguirei a hist√≥ria de qualquer maneira.‚ÄĚ

 

Ok, Camille √© uma jornalista investigativa e vai escrever uma hist√≥ria, esse clich√™ ficou claro. Mas sobre o que, mesmo? Sobre, como diz a sinopse da s√©rie Sharp Objects, dirigida por Jean-Marc Vall√©e, ‚Äúos misteriosos assassinatos de duas adolescentes.‚ÄĚ Outro clich√™? Espere at√© ouvir os pr√≥ximos: Camille retorna a sua cidade natal, o que ‚Äútraz √† tona os fantasmas do seu passado.‚ÄĚ Ela tem ‚Äúdist√ļrbios emocionais‚ÄĚ, pratica automutila√ß√£o e enche os tubos de vodca. Ela tem ‚Äúproblemas‚ÄĚ com a m√£e, uma socialite muito provavelmente racista. Ela faz perguntas, anota as respostas num caderninho e tem sempre √† m√£o uma frase sobre a liberdade de express√£o e a liberdade de impressa. Quando fecha os olhos,  lembra do passado: um dia de ver√£o, crian√ßas brincando, gritinhos, sussurros, trilha sonora intimista e... e... um misterioso assassinato?

 

A s√©rie, produzida pela HBO, √© baseada num livro de Gillian Flynn, que escreveu tamb√©m Gone Girl, que por sua vez inspirou um filme horroroso do outrora promissor David Fincher. N√£o resta d√ļvida de que Flynn tem bons contatos em Holywood, o que n√£o significa que escreva bem ou que tenha boas ideias. Assim como True Detective, Sharp Objects √© uma s√©rie estilosa e com clima noir, mas seus detetives e jornalistas charmosos e perturbados, √†s voltas com conspira√ß√Ķes sinistras, n√£o parecem pessoas de verdade. Fica a sensa√ß√£o de uma hist√≥ria encomendada. Ent√£o, adeus. Boa sorte com a sua hist√≥ria, Camille.


Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO