Carreira
Leonardo Grapeia
A experiência é lenta e ineficiente
31/05/2017
A maioria das pessoas toma como certa a frase “a experiência é
a melhor professora”. De fato, se você refletir sobre seu passado, sem dúvida, vai perceber que as suas experiências lhe trouxeram lições inestimáveis. Embora o fato de viver novas oportunidades lhe possibilite aprender coisas novas, a experiência por si só é raramente a melhor professora. Considere como a simples confiança na experiência de vida pode deixar a desejar, quando se almeja adquirir novas competências.

A experiência pode transformar as piores práticas em hábitos, tornando mais difícil o desenvolvimento. Pode até mesmo apagar os comportamentos desejados. Por exemplo, um líder exposto à uma experiência de rotatividade de funcionários excepcionalmente difícil pode aprender a seu durão ao invés de ser um líder participativo. Uma outra pessoa pode “aprender por experiência” que não deve fazer perguntas ou oferecer novas idéias durante reuniões. Só a experiência não distingue pessoas altamente competentes daquelas que não o são.

A experiência raramente é pró-ativa, estratégica ou focada. As pessoas que procedem somente com base em tentativa e erro ou que não sabem o que devem aprender podem acabar, em termos de aprendizagem, vivendo o mesmo ano mais de dez vezes. Mesmo a experiência mais abrangente raramente cobre as lições mais importantes.

Nada disso deve sugerir que a experiência não pode ensinar as pessoas. Muito pelo contrário, o objetivo destes comentários é lembrá-lo do que a experiência precisa ser usada com critério como integrante de uma estratégia.

Uma excelente semana e até a próxima coluna!

Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO