Conceito
Adelmir Santana
Bienal das artes
02/07/2018

Bras√≠lia presenciou na semana passada a abertura da segunda edi√ß√£o da Bienal das Artes do Sesc-DF. Essa √© uma iniciativa singular na cidade. Hoje, somos a √ļnica institui√ß√£o a realizar no Distrito Federal uma bienal desse g√™nero. Em 2016, durante a primeira mostra, apresentamos 64 trabalhos de artistas de todo o Pa√≠s e de fora do Brasil, reunindo as categorias de arte digital, escultura e pintura. Agora, ampliamos a exposi√ß√£o trazendo 100 obras de arte para a capital da Rep√ļblica, contemplando tamb√©m vertentes como desenho, fotografia, gravura e objeto tridimensional. 

Outro destaque foi a parceria firmada com o Instituto Olga Kos. A convite do Sesc, o instituto trouxe obras produzidas por crian√ßas, adolescentes e adultos com defici√™ncia intelectual. Foram trabalhos produzidos com a orienta√ß√£o de pintores e artistas pl√°sticos renomados. Isso n√£o apenas proporciona inclus√£o social, como enriquece a exposi√ß√£o. A democratiza√ß√£o da cultura tamb√©m est√° presente √† medida em que qualquer artista podia participar do processo de sele√ß√£o, diferentemente de outras bienais nas quais s√≥ participam convidados. A mostra ainda tem entrada gratuita e ocorre em uma √°rea central da cidade, no shopping P√°tio Brasil, com visita√ß√£o at√© o dia 26 de julho. √Č uma oportunidade de agregar conhecimento. Acredito que, por meio da arte, rompemos fronteiras mentais, estimulamos a reflex√£o cr√≠tica e agu√ßamos a nossa sensibilidade. √Č um orgulho promover esse tipo de encontro das artes.

Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO