Dando Risadas
Nena Medeiros
É Impossível Comer um Só!
21/08/2017
A praga dos gafanhotos apavorava aquela região rural da Tanzânia. Um especialista em Moçambique foi acionado para contê-la, mas, para avaliar a melhor solução, precisava de alguns espécimes, que foram logo capturados e entregues ao Zé, um caminhoneiro que realizava fretes entre os dois países.

Após dois dias de viagem, Zé parou na porta da universidade, onde foi recebido por um ansioso grupo de cientistas. Logo entendeu que transportava alguma coisa importante e começou a descarregar as caixas, com muito cuidado. Assim que terminou, eles perguntaram:

- Cadê os gafanhotos?

- Os gafanhotos? Eu pensei que eram uma gentileza do doutor.

- Não eram, não! Onde estão?

- Eu... Eu comi!

- Você o quê?

- Eu comi! – quase chorando e mostrando um vidro vazio.

Todos ficaram desolados. Mais um atraso no combate à praga, toneladas de alimentos perdidos...

Uma bióloga pegou a prancheta de sua mão para livrar-se logo dele, antes que resolvessem puni-lo. Afinal, faltou orientação. Ao conferir o inventário, porém, gritou eufórica, abriu uma das caixas e tirou dela um grande pote de plástico transparente, repleto de gafanhotos grandes e gordos.
Zé riu, aliviado:

- Não tava entendendo o que vocês fariam com gafanhotos fritos. E esses são muito maiores!

O especialista teve dó e lhe deu uma pequena aula sobre o que fariam.

Zé ouvia tudo, olhos fixos do pote. Ao final, perguntou:

- Posso comer unzinho?

Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO