Espaço Aberto
Edson de Castro
Novas contratações
12/09/2017
Faltam menos de quatro meses para o ano acabar e o comércio está pronto para iniciar o período de contratações de trabalhadores temporários, que vão labutar entre 1º de novembro e os primeiros dias de janeiro de 2018. 

É sempre assim todos os anos e isso serve para movimentar a economia.

Não se pode negar que os primeiros cinco meses de 2017 foram um tanto meio amargos para a economia brasileira. No entanto, a partir de junho, as taxas de juros e a inflação começaram a cair, ao mesmo tempo em que o Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todas as riquezas produzidas pelo país – começava a crescer.

Hoje, há quem estime que o PIB feche o ano em 0,5%. E a inflação deve encerrar o ano em 3,38%, abaixo do teto da meta de 4,50%. Pelo menos a julgar pelos números, a economia brasileira vai bem, mas ainda pode melhorar mais.

Voltando ao comércio varejista do Distrito Federal, ele deve criar duas mil vagas para trabalhadores temporários de fim de ano, contra oitocentos do ano passado, quando a inflação corroía o poder de compra e os juros eram mais altos.

O perfil do trabalhar temporário envolve os que têm, em sua maioria, entre 18 e 27 anos e buscam o primeiro emprego em lojas para ganhar experiência visando voos mais altos. 

Balconistas, atendentes, caixas, seguranças, vitrinistas e motoristas são os cargos com maior procura.

Os salários variam de loja a loja, mas quem se destaca, notadamente nas vendas, acaba efetivado a partir de fevereiro, quando alguns estabelecimentos renovam a mão de obra.

O horário de verão vai começar este ano no dia 15 de outubro para terminar em 17 de fevereiro. É um período em que cresce a prática de esportes no fim do dia e aumenta a procura de material esportivo no comércio. 

Traduzindo: no segundo semestre, o comércio sempre teve bons motivos para vender mais do que nos primeiros seis meses do ano.

É sempre assim. Quando começam o horário de verão e as contratações temporárias é um sinal claro de que o ano está perto do fim. Ainda não dá para falar sobre estimativa de vendas para o fim do ano. Está um pouco cedo. 

Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO