Espaço Aberto
Edson de Castro
O Destrava veio para ficar
22/08/2017
?Lançado pelo grupo Empresários em Ação, o movimento Destrava, Brasília veio para ficar consolidando-se como uma ferramenta moderna para o processo de desenvolvimento da economia do Distrito Federal.

Dentro desse contexto, foi um sucesso a audiência que integrantes do Destrava mantiveram, semana passada, com o governador Rodrigo Rollemberg, a quem foi entregue uma série de reivindicações.

A começar pela sugestão de criação do Simplifica Pessoa Jurídica, que poderá ajudar pequenos e médios empresários a regularizar sua situação. O programa pode ser efetivado no Na Hora Empresarial.

Outra postulação é a que envolve a criação do Mutirão de Soluções. Visa concentrar em um único local representantes do Governo do DF (Ibram, Segeth, Cap, CEB e Caesb para o atendimento de pequenos pleitos.

O Destrava, Brasília também pediu a Rollemberg nova normatização para o programa Pro-DF, a fim de fomentar a atividade empresarial de pequenas e médias indústrias, o que certamente vai criar empregos e renda.

Outro ponto reivindicado foi a alteração do horário dos trens do Metrô para os domingos porque os shoppings fecham às 20h e o Metrô paralisa suas atividades às 19h, deixando centenas de pessoas sem transporte. 

O parcelamento do pagamento do ICMS do varejo, em dezembro, também foi reivindicado. O setor quer pagá-lo em duas vezes: janeiro e fevereiro, como já ocorreu em anos recentes.

Na audiência, os empresários solicitaram urgentes medidas contra o comércio ilegal (feiras itinerantes incluídas), o que ocasiona concorrência desleal às lojas estabelecidas que recolhem impostos e criam empregos. 

Estima-se que hoje há pelo menos cinco mil ambulantes em todo o DF.

E mais: há 77 postos de combustíveis fechados no DF por inexistência de licença do Instituto Brasília Ambiental – Ibram. Eles podem gerar no mínimo 770 empregos diretos. Na quinta-feira, dia 24, donos de postos irão se reunir com o Ibram em busca de uma luz no fim do túnel. 

O DF precisa vencer a paralisia causada pela excessiva burocracia.
Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO