ONs e OFFs
Sandro Gianelli
Ons & Offs
10/04/2018
João de Deus quer voltar para a Câmara Legislativa

Distrital de novo

João de Deus quer voltar para a Câmara Legislativa. O ex-deputado distrital e ex-prefeito do município de Água Fria (GO) se filiou ao PR. Atualmente João apresenta um programa na Atividade FM. Nos últimos meses se lançou como pré-candidato ao Governo do Distrito Federal, mas sem legenda, optou por concorrer a deputado distrital.


 








[João de Deus, pré-candidato a deputado distrital]


Só com dois dígitos

O professor e empresário Eliseu Kadesh se filiou ao Patriota. Kadesh se lançou pré-candidato ao Governo do Distrito Federal, mas a executiva do partido só confirmará sua candidatura, se Eliseu chegar nos dois dígitos nas pesquisas de intenção de voto.




 











[Eliseu Kadesh, pré-candidato a governador]


Chapa equilibrada

O PPL do Distrito Federal formou uma nominata com 63 pré-candidatos a deputado distrital, sendo 12 mulheres. Para a Câmara dos Deputados, o partido conta com 8 pré-candidatos, com uma mulher.

 

Voto de legenda

O Secretário de Organização do PPL acredita que a candidatura presidencial de João Vicente Goulart impulsione a sigla a obter votos de legenda. “Criamos as condições necessárias para disputar o pleito distrital sem necessidade de coligação, mas isso vamos avaliar com cuidado nos próximos meses”, Marco Antônio Campanella, Secretário de Organização do PPL/DF.

 

Políticos novos

A executiva do DF ainda poderá filiar militares da ativa. A estratégia é atrair pré-candidatos com no máximo 7 mil votos, o que dará condições para novas lideranças chegarem até a Câmara Legislativa.

 

Pré-candidatos

Dentre os pré-candidatos do Pátria Livre está o empresário Deusdete Soares, da Clinica Recanto; Manoel Sansão, Presidente da Aspra; José do Carmo, Subtenente da PM; Vanderlei Gomes, do Riacho Fundo 2; Jane Ferreira, liderança feminina; Erivaldo, ex-administrador de Santa Maria; Roberta Mouzini, liderança feminina; e Aline Marques, advogada que atua em defesa dos movimentos sociais.

 

Câmara dos Deputados

O PPL fará um trabalho com foco central na disputa para a Câmara Federal. Os dirigentes partidários entendem que essa é a condição para o PPL continuar sendo um instrumento do povo na luta pela liberdade e independência.

 

Três vezes Marina

Marina Silva confirmou sua pré-candidatura à Presidência da República. O anuncio ocorreu no congresso nacional da Rede Sustentabilidade. Líder máxima do partido, não teve nenhuma oposição interna. A ex-senadora e ex-ministra foi aprovada por aclamação pelos demais integrantes da Rede.

 

Decisão necessária

"Nunca foi tão necessária a decisão de estar aqui hoje, pelo momento que estamos vivendo. Momento que não é de celebração, mas de tristeza por um lado. Um ex-presidente da República, que poderia estar apto para fazer o que quisesse na política, estar sendo interditado pela Justiça por erros que cometeu", disse Marina Silva.

 

Sem coligação

Apesar da confirmação da candidatura a Rede ainda não possui nenhuma definição sobre coligações e composições da chapa. O partido aguardará a próxima convenção partidária prevista para o final de julho, onde apresentará o resultado de suas articulações. Sem coligações, a candidatura de Marina terá dificuldades pelo quase nenhum tempo de TV e rádio que o partido terá.

 

Situação difícil

Se a candidatura de Marina não conseguir apoio de outros partidos será extremamente difícil garantir a eleição. A Rede terá direito a apenas 12 segundos na propaganda eleitoral gratuita. Nem a presença nos debates políticos será garantida. Já que seu partido não atinge mais a cota mínima de cinco parlamentares para se tornar presença obrigatória nos debates.

 

ENTORNO


Everaldo Vidal volta ao cenário político rumo a Assembleia de Goiás


Pré-candidatura confirmada

O ex-prefeito de Novo Gama Everaldo Vidal se filiou ao PROS e pretende concorrer a uma das cadeiras da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás. Everaldo teve uma carreira meteórica na política. Na sua primeira eleição foi eleito o vereador mais votado de Novo Gama, tendo presidido a Câmara por dois mandatos. Em seguida foi eleito o prefeito com o maior percentual de votos da história do município.



 








[Everaldo Vidal, pré-candidato a deputado estadual]

Problema resolvido

Everaldo fez uma administração pautada em resolver os problemas da população novogamense. Em sua gestão o município adquiriu a primeira usina asfáltica da região. O que fez a população esquecer aquele que era o maior problema de Novo Gama antes de sua gestão: os buracos espalhados em todos a cidade.

 

Foco na saúde

Durante a gestão de Everaldo a saúde teve um cuidado especial, o que trouxe reconhecimento de moradores do DF que procuravam atendimento em Novo Gama. No centro da cidade a população contou com atendimento 24 horas e no Distrito do Lago Azul o atendimento foi ampliado das 18h para as 22h. Sem contar com reformas e construções de novos postos de saúde.

Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO