Em Madri, PSG e Neymar começam a desafiar o Real Madrid de Cristiano Ronaldo
14/02/2018 06h00
O confronto mais aguardado das oitavas de final da Liga dos Campe√Ķes da Europa come√ßa nesta quarta-feira, √†s 17h45 (de Bras√≠lia), no est√°dio Santiago Bernab√©u, em Madri, com a primeira disputa direta pelo torneio entre dois candidatos ao t√≠tulo de melhor jogador do mundo. O portugu√™s Cristiano Ronaldo e o Real Madrid encaram Neymar e o Paris Saint-Germain, que sonham com a conquista. A partida de volta, na Fran√ßa, ser√° apenas em 6 de mar√ßo.

O clube espanhol, dono de 12 t√≠tulos da competi√ß√£o, e o atacante portugu√™s, escolhido cinco vezes melhor jogador do mundo, s√£o os modelos de sucesso que inspiram o Paris Saint-Germain. O time franc√™s investiu pesado para conquistar a Liga dos Campe√Ķes pela primeira vez e apostou em Neymar como o respons√°vel para concretizar o projeto.

Contratação mais cara da história do futebol, o brasileiro aceitou o desafio de jogar na França por entender que, caso tenha sucesso, ficará mais perto de conquistar o prêmio de melhor do mundo, ganho cinco vezes pelo argentino Lionel Messi, antigo companheiro de Barcelona, e outras cinco por Cristiano Ronaldo.

O encontro com o Real Madrid √© fundamental para as ambi√ß√Ķes particulares de Neymar de ser premiado pela Fifa. Se conseguir levar o Paris Saint-Germain adiante, ter√° eliminado da disputa da competi√ß√£o um dos mais fortes concorrentes e ganhador em quatro das √ļltimas cinco edi√ß√Ķes.

"Neymar √© uma pessoa que controla muito bem as emo√ß√Ķes e sempre responde bem em campo. √Č uma pessoa muito boa, tem familiares e amigos perto e que o ajudam a crescer cada dia. Ele veio ao clube para nos ajudar a conseguir coisas grandes e este √© o momento", resumiu o zagueiro Marquinhos, do Paris Saint-Germain, em entrevista coletiva nesta ter√ßa-feira.

Será o primeiro encontro de Cristiano Ronaldo com Neymar no papel de protagonista. O brasileiro aceitou sair do Barcelona para não ficar mais à sombra de Messi e Luis Suárez e encara a primeira grande decisão depois de assumir esse status. A atuação dele será importante para o Paris Saint-Germain não passar pelo vexame vivido no ano passado diante de outro espanhol, o Barcelona, dentro desta mesma fase da competição.

Na ocasião, os franceses ganharam em casa por 4 a 0 e sucumbiram na partida de volta no histórico 6 a 1. Desta vez, a vantagem de ter o segundo jogo em casa é dos parisienses. Segundo o técnico do time, o espanhol Unai Emery, o vexame foi responsável por deixar a equipe mais forte. "A nossa preparação começou a partir daquele jogo. Estamos mais preparados agora", disse.

Se pelos n√ļmeros na temporada os dois protagonistas do confronto mostram equil√≠brio, o desempenho dos times mostra uma superioridade dos franceses, que dominam o futebol local. J√° o Real Madrid vive momento ruim, apesar das estat√≠sticas favor√°veis de Cristiano Ronaldo. O time est√° eliminado da Copa do Rei, tem 17 pontos de desvantagem para o l√≠der Barcelona no Campeonato Espanhol e tem na Liga dos Campe√Ķes como a √ļnica chance de t√≠tulo na temporada.

O técnico do time, o francês Zinedine Zidane, negou estar sob pressão e evitou tratar as oitavas de final como um encontro das duas estrelas. "Falamos de dois grandes jogadores, mas é Real Madrid contra PSG, não é Cristiano contra Neymar. Não queremos ver um duelo entre os dois, mas sim das equipes".

AE
Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO