Abiove, Acebra e Anec negam negociação sobre frete com governo e caminhoneiros
Leticia Pakulski
S√£o Paulo
13/06/2018 14h33
A Associa√ß√£o Brasileira das Ind√ļstrias de √ďleos Vegetais (Abiove), a Associa√ß√£o das Empresas Cerealistas do Brasil (Acebra) e a Associa√ß√£o Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) disseram, por meio de nota conjunta, que n√£o h√° negocia√ß√Ķes ocorrendo entre as entidades e √≥rg√£os do governo federal ou entidades representativas dos caminhoneiros sobre a fixa√ß√£o de pre√ßos m√≠nimos de fretes de cargas a granel pela Ag√™ncia Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). As associa√ß√Ķes refor√ßaram que representam quase a totalidade da comercializa√ß√£o de soja, farelo de soja e milho, excluindo as cooperativas de produ√ß√£o.

"H√° grande preocupa√ß√£o entre as empresas representadas com a volta √† normalidade do escoamento de gr√£os e, por esta raz√£o, as entidades t√™m procurado dialogar com o Minist√©rio dos Transportes e com a ANTT. No entanto, as conversa√ß√Ķes se restringem exclusivamente a questionar, no √Ęmbito administrativo, as medidas governamentais e n√£o tratam de negocia√ß√Ķes sobre os pre√ßos m√≠nimos", informa a nota.

As tr√™s entidades assinalaram ainda que "a solu√ß√£o para os problemas de remunera√ß√£o dos motoristas aut√īnomos n√£o ser√° resolvida impondo, sobre os embarcadores, um tabelamento de pre√ßos". "Refor√ßamos que qualquer eventual busca de acordo entre embarcadores, transportadores e aut√īnomos precisa ser capitaneada pelo governo federal e com envolvimento de todos os setores do agroneg√≥cio brasileiro."

AE
Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO