Empregados da Eletrobras preparam greve para dia 17
Denise Luna
Rio
12/07/2018 16h00
Os sindicatos dos empregados da Eletrobras est√£o realizando assembleias por todo Pa√≠s para aprovar a realiza√ß√£o de uma greve de 24 horas no dia 17 de julho, em protesto contra a privatiza√ß√£o da empresa e para pedir a sa√≠da do presidente da estatal, Wilson Ferreira Jr. A amea√ßa de ter que devolver Participa√ß√Ķes no Lucro e Resultados (PLR) referentes aos anos de 2012 e 2013, no valor de R$ 75 milh√Ķes, al√©m de uma poss√≠vel suspens√£o do pagamento do PLR deste ano, tamb√©m est√° no foco das manifesta√ß√Ķes.

Segundo o Sindicato dos Urbanitários do Distrito Federal, que aprovou a greve nesta quinta-feira, 12, a categoria fará o alerta no dia 17 e já prepara outra paralisação para outra data próxima ao leilão das distribuidoras da empresa, marcado para 26 de julho. A data da greve ainda está sendo avaliada, segundo a assessoria do sindicato. Nesta sexta-feira, 13, serão realizadas assembleias na sede da Eletrobras e em Furnas, e no dia 16 no Cepel e na Eletronuclear.

Al√©m da privatiza√ß√£o da Eletrobras, os empregados querem lutar contra a decis√£o da Controladoria-Geral da Uni√£o (CGU) de considerar ilegal o PLR recebidos em 2012 e 2013, quando a Eletrobras teve preju√≠zo. "O pagamento da PLR seguiu todos os tr√Ęmites legais, recebemos a participa√ß√£o por conta dos indicadores operacionais", disse a dirigente sindical do STIU-DF, Fabiola Antezana, no site do sindicato. Ela informou que o assunto est√° sendo analisado pela assessoria jur√≠dica da entidade.

A sindicalista alerta ainda para uma possível suspensão do pagamento do PLR referente a 2017, que, segundo ela, teria sido suspenso pelo presidente da Eletrobras até que resolva a questão apontada pela CGU. Procurada, a Eletrobras não soube informar imediatamente se o pagamento do PLR de 2017 foi suspenso.

AE
Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO