Funcionário de centro de assistência social é assassinado em São Paulo
Ana Paula Niederauer e Marco Ant√īnio Carvalho
S√£o Paulo
11/07/2018 18h41
Um funcionário do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Sé, da Prefeitura de São Paulo, foi morto a tiros em um anexo da unidade, localizado no Bom Retiro, na manhã desta quarta-feira, 11. Um suspeito de ter cometido o crime está sendo procurado pela polícia.

De acordo com informa√ß√Ķes da Secretaria da Seguran√ßa P√ļblica, o crime aconteceu √†s 6h da manh√£ desta quarta na Avenida Tiradentes, onde est√° localizado o centro. O homem entrou no local, efetuou os disparos contra Wilson Silva Teles, de 41 anos, que trabalhava h√° cinco anos no local, e fugiu. Teles era funcion√°rio terceirizado do setor de transportes e estava no pr√©dio da Supervis√£o de Assist√™ncia Social (SAS) quando foi atacado.

A Pol√≠cia Civil investiga um homem de 36 anos que √© considerado suspeito de ter cometido o homic√≠dio. Os investigadores pediram a sua pris√£o tempor√°ria e, at√© a noite desta quarta, ainda realizavam dilig√™ncias para tentar localiz√°-lo. O caso foi registrado como homic√≠dio simples no 2¬ļ Distrito Policial (Bom Retiro), que deve dar continuidade √†s investiga√ß√Ķes do caso.

A Secretaria Municipal de Assist√™ncia e Desenvolvimento Social (Smads) lamentou o ocorrido e informou que os servi√ßos para atendimento ao p√ļblico foram temporariamente suspensos. O Cras faz em m√©dia, mensalmente, 4 mil atendimentos diretos.

AE
Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO