Macron nega mudanças em compromisso sobre gastos na Otan e contradiz Trump
12/07/2018 08h47
O presidente da Fran√ßa, Emmanuel Macron, negou a afirma√ß√£o de mais cedo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de que os aliados da Organiza√ß√£o do Tratado do Atl√Ęntico Norte (Otan) concordaram em elevar os gastos com defesa mais r√°pido e para al√©m de 2% do Produto Interno Bruto (PIB). "Houve um comunicado publicado ontem e ele est√° muito detalhado", comentou Macron. "Ele confirma a meta de 2% [do PIB em gastos com defesa]. Isso √© tudo."

O comunicado da c√ļpula da Otan desta semana reafirma o compromisso feito em 2014, ap√≥s a R√ļssia anexar a Crimeia, de que os aliados da Otan poderiam interromper seus gastos com defesa, come√ßando a elev√°-los conforme suas economias crescessem, com o objetivo de caminhar para gastos equivalentes a 2% do PIB dentro de uma d√©cada.

Ainda segundo Macron, Trump n√£o amea√ßou retirar os EUA da Otan por causa das diverg√™ncias sobre o financiamento da alian√ßa. "O presidente Trump nunca, em nenhum momento, em p√ļblico ou em privado, amea√ßou se retirar da Otan", afirmou o l√≠der franc√™s.

Em entrevista coletiva mais cedo, Trump disse que houve um compromisso dos países da Otan para acelerar o ritmo de suas altas em gastos com defesa. O presidente americano afirmou que ficou muito satisfeito com os acontecimentos no encontro. Fonte: Associated Press.

AE
Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO