Especial
Marcas do saidão do Dia dos Pais
Foto: Wilson Dias
14/08/2018 08h45

Na sexta-feira passada, a Justiça benefi ciou 1.105 detentos com um saidão para o feriado do Dia dos Pais. Os escolhidos foram presos que vivem em regime semiaberto e do total, 71 eram mulheres que vivam no presídio feminino, o Colmeia. O prazo para retornar aos presídios era até segunda-feira (13), às 10h, os que não voltassem seriam considerados foragidos da justiça. Com essa saída temporária, muitos habitantes da capital se preocuparam com o que poderia acontecer nas ruas e alguns fatos que ocorreram durante esse fi nal de semana comprovam o porquê de tamanha preocupação.

O caso mais grave ocorreu sábado (11) um acidente no Eixão Sul teve pessoas como reféns e levou três vítimas a óbito após a kombi que as mesmas conduziam colidir com o carro de um criminoso em fuga, um dos benefi ciários do saidão. Segundo testemunhas, o suspeito abordou uma mulher, que estava junto ao seu sobrinho de 6 anos em um carro, pegando o relógio que estava no pulso dela e tentando fugir de moto. Entretanto, a PMDF estava por perto e se aproximou do local, o detento, então, tentou fugir com o carro da vítima, levando ela e o sobrinho como reféns. Em meio a fuga, o carro sequestrado perdeu o controle e colidiu com uma Kombi que passava, o veículo desgovernado bateu em outro automóvel que levava cinco passageiros, entre eles, uma criança.

As duas pessoas que estavam na kombi morreram no local, alguns passageiros do outro carro estão em estado grave, a mulher e criança, assim como o detento, saíram sem ferimentos. Outro caso envolvendo um preso que foi liberado para o feriado ocorreu na Cidade Estrutural, onde um homem foi encaminhado para 1ª DP da Asa Sul após uma tentativa de estupro e fugir da polícia. Segundo a vítima, ela havia sido convidada a ir na casa do suspeito para depois irem a uma festa, na casa do mesmo, ele teria a ameaçado e a agredido com socos e uma mangueira, após ela recusar ter relações sexuais. Assim que a polícia chegou para averiguar o local, o detento fugiu e foi pego 400 metros dali e levado para a delegacia, onde foi liberado. Além desse feriado, é previsto que os detentos ainda possuam direito de deixar a prisão no feriado da Independência, no Dia das Crianças, na Proclamação da República e no Natal. Até o fechamento desta edição, não houve mais ocorrências envolvendo presos deste tipo e nem informações sobre quantos não retornaram para o presídio.

Da redação do Alô Brasília
Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO