Palestinos tomam as ruas em protesto contra decisão de Trump sobre Jerusalém
Estad√£o Conte√ļdo
Faixa de Gaza
06/12/2017 22h21
Centenas de palestinos tomaram as ruas da Faixa de Gaza na noite desta quarta-feira, em protesto contra a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel. A cidade tem símbolos sagrados para judeus, muçulmanos e cristãos.

Os atos foram espont√Ęneos e ocorreram em diversos pontos de Gaza. Os manifestantes queimaram bonecos simbolizando os Estados Unidos e carregavam cartazes contra o presidente Trump.

Os militantes do Hamas convocou mais protestos nos pr√≥ximos dias. O grupo isl√Ęmico controla Gaza e os EUA e a Uni√£o Europeia o reconhecem como organiza√ß√£o terrorista.

Ao mesmo tempo, embaixadas e consulados dos Estados Unidos em todo o mundo emitiram comunicados alertando sobre a possibilidade de protestos violentos.

Na Jord√Ęnia, que abriga uma grande popula√ß√£o palestina, os EUA disseram que fechariam sua embaixada ao p√ļblico na quinta-feira e pediram que os filhos de diplomatas fiquem em casa.

Oito pa√≠ses que se op√Ķem √† decis√£o de Trump pediram ao Conselho de Seguran√ßa da ONU uma reuni√£o de emerg√™ncia sobre o tema ainda nesta semana. Bol√≠via, Egito, Fran√ßa, It√°lia, Senegal, Su√©cia, Reino Unido e Uruguai protocolaram o pedido, que foi encaminhado ao secret√°rio-geral da ONU, Ant√≥nio Guterres.

Mais cedo, Guterres disse que "medidas unilaterais ameaçam a chance de paz entre Israel e palestinos", sem citar nominalmente a decisão dos EUA.

Para o chefe da ONU, a quest√£o da disputa territorial em Jerusal√©m deve ser resolvida por meio de negocia√ß√Ķes diretas entre israelenses e palestinos. "N√£o h√° alternativa a n√£o ser dois Estados", disse. Fonte: Associated Press.

AE
Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO