Entrevista
Um prêmio gigante como o próprio nome: Abelardo Barbosa – O Chacrinha
A Federação Nacional dos Comunicadores (Fenacom), entidade que surgiu da mobilização de um grupo de radialistas e jornalistas aqui de Brasília foi criada para representar em nível nacional as associações dos profissionais da área da comunicação. A entidade realizará a primeira edição do prêmio Abelardo Barbosa – O Comunicador. A premiação se dará durante um evento que acontecerá no próximo dia 15 de dezembro, no luxuoso Rio Othon Palace, na capital do Rio de Janeiro. A partir de longa análise do setor artístico e de comunicação, nasceu o prêmio, para que sejam reconhecidos com a devida honra ao mérito, nomes dos meios artístico, político e empresarial que de alguma forma estejam ligados a comunicação. Será proporcionado reconhecimento com o peso de um dos maiores comunicadores de todos os tempos, o eterno Chacrinha, falecido em 1988. Fábio Willian de Brito Camilo, presidente nacional da Fenacom, pioneiro em comunicação na região norte do Brasil falou sobre o projeto e as expectativas em torno desta primeira edição do evento.
Foto: Albert Queiroz
Albert Queiroz
11/10/2017 08h24

A Fenacom é uma instituição que representa os interesses dos comunicadores. Chacrinha é um dos maiores se não o maior comunicador de todos os tempos. Como surgiu a idéia de criar o prêmio Abelardo Barbosa – O Chacrinha? 

Nós da Fenacom entendemos que o Chacrinha é a história viva da comunicação, ele se foi, mas de alguma forma continua vivo, se paramos para analisar, estamos aqui hoje falando do Chacrinha. Ele é precursor de tudo o que estamos vivendo hoje, quem um dia não assistiu ao programa dele e sonhou em ser um Abelardo Barbosa? Os comunicadores de hoje, podem não ter seguido o tipo ou o formato do programa do Chacrinha, mas certamente seguiram a forma de se comunicar de Abelardo Barbosa, contou. 

Que motivo fez com que a Fenacom escolhesse o Chacrinha para dar nome ao prêmio? 

Escolhemos o Chacrinha porque precisávamos de um nome forte, mesmo ele estando em outro plano, ele viveu e ainda vive na mente de nós comunicadores e da população. Chacrinha reúne tudo isso, e com a sua simplicidade ele conseguia levar alegria para as pessoas, em um período difícil da história do nosso país que foi a ditadura militar, com perseguições, censura,  e mesmo assim lançou grandes nomes do meio artístico. 

Presidente, qual o intuito da criação do prêmio?

O prêmio foi criado para reconhecer o trabalho de grandes profissionais e para difundir a Fenacom, comunicando a sociedade a existência de uma entidade diferente das que já existiam anteriormente. 

Quais serão as categorias contempladas pelo prêmio? 

Ressaltaremos grandes nomes da música em que concorrerão importantes cantores, políticos que tenham alguma ligação com a causa e da defesa da comunicação independente de influência partidária e empresários do ramo e que investem no ramo. Já temos confirmadas as participações dos cantores Biafra, Ovelha, Agnaldo Timóteo, a cantora e radialista Márcia Ferreira e muitos outros nomes a confirmar. Será uma algo em torno de 15 artistas, todos eles foram calouros ou presenças certas no programa do Chacrinha.
 
Qual a expectativa e como está a preparação para o dia da festa? 

Os nossos associados no Rio de Janeiro estão cuidando dos preparativos da festa por lá, com o apoio dos colegas de outros estados, orientando e dando todo o apoio necessário. A nossa expectativa é a melhor possível. O Rio Othon Palace vai ficar pequeno diante da reunião de tantos nomes que o Chacrinha consagrou através de seu programa. E não poderia deixar de agradecer ao Leleco Barbosa, filho do Chacrinha, que consegue manter viva a chama da existência deste grande comunicador e continuar a escrever a história deste grande homem, contou entusiasmado o presidente. 
 

Comentários

Carregando notícias...
COPYRIGHT © - PORTAL ALÔ - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
ANUNCIE | FALE CONOSCO | COMERCIAL | EXPEDIENTE | TRABALHE CONOSCO